guerra 14

26 comentários

agora empolgou hein laerte! muito bom!

continue assim! heheum melhor que o outro

referencia anarquica. entao nao ha referencia.

Resolveu fazer um "ataque relâmpago" no blog hoje? :)

Ufa, consegui ler tudo.Quanta empolgação Laerte.Tá muito bom isso.

Essa série de sua Guerra Mundial tá mto boa! Finalmente você criou um blog, Laerte! Vou sempre passar por aqui, vc é inspiração para cartunistas amadores como eu!abraço!

O Minotauro apareceu...Uia!Essa sua Guerra Mundial está fantástica!!!!

Parabéns Laerte, sempre tive vontade de ler mais de uma tira num intervalo de menos de um dia.

meudeusdoceu, o que é isso.... uma epifania, um extase

os ângulos! mto bom msm.

Puts, que tesão kra! heauheauamuito bom! Oe, conhecem a piada do boi verde?! kkkkkkkkkk

Para mim, o formato da tira parece já não conseguir mais suportar a dimensão que essas histórias vem tomando, elas parecem clamar por um outro tipo de espaço. Parece ser só na sequência, como colocado aqui, que elas exprimem toda sua força. O pinga-pinga diário dessas tiras na Folha, mais destrói do que compactua com o ritmo e o compasso dos caminhos que essas tiras mais recentes vem criando.Abraços

voltei de viagem hoje! li todos, terça viajo de novo, na volta leio todos os outros! E não é que o minotauro reapareceu? E discordo do cara que disse que as tiras parecem pequenas pra história, a história é boa, mas as tiras também são

quem é jorge ?

se o sonho continuasse mais um pouco tenho plena certeza que teríamos algo do apocalypse now.

Tenho acompanhado desde o surgimento do blog e do Minotauro - que apareceu de novo, veja só. Brilhante trabalho Laerte.: )Cauê Marqueshttp://outrapagina.wordpress.com

BRAVO!

laertón,desejo a você e aos seus um 2009 à altura de sua sensibilidade, coragem, inteligência e senso de humor. conosco ninguém fodosco!GLAUBER

esse foi o grande ápice! Do caralho!Larte, tenho que te dizer que compartilho a opinião do Luiz Felipe. O blog é um espaço teu, e os quadrinhos estão trancados numa forma na qual o jornal utiliza. Libarta disso, e faça umas coisas diferentes, ouse! tirinhas na vertical, estoure os limites dos quadrinhos, faça desenhos como nunca te deixaram fazer.o blog hoje representa um papel muito importante para os artistas e cartunistas em ascenção, tanto quando a manutenção deste no meio. É igual o que fazia a Chiclete com banana nos anos 80. Há novas revistas que ainda insistem neste meio como divulgação, mas tornaram-se obsoletos, uma vez que os blogs são linkados, e um leva a outro que leva a outro, e ta,bém podemos ver o "acervo" daquele desenhista.(claro que não põe comida no bucho, mas é o início, né?)abraços, e continue surpreendendo!

Que sorte navegar pela rede, procurar pelas tiras do Minotauro e deparar-me com esse blog, eu havia perdido a sequência no jornal e também o final. E não tinha visto algumas da série da Minha Guerra Mundial, que está genial. Parabéns Laerte.

Laerte!Já li algumas tiras suas, mas, sinceramente...prazer em conhecê-lo!!! hehe..Me aproximei muito mais do seu trabalho com o blog, e agora faço questão de acompanhar.Bão dimais, sô!Um abração.

A internet tem umas coisas estranhas. O sujeito que mais admiramos no mundo pode ter um blog ali, bem ao seu lado, como se fosse um vizinho de apartamento. Fica a sensação de uma igualdade branca... sem cores.Fica aê. Some não... e pega um café que acabou de sair.

Queremos mais, Laerte. Mais. Agora.

Laerteeeeeeeeeeeeeeee!

O quadrinho com os carrascos está fantástico, fiquei alguns minutos observando a composição. Muito bom mesmo, você é o rei! Abraços

Laerte de férias?

Comente


Type the characters you see in the picture above.